"Temos que tirar essa pedra do sapato", diz Felipe


Os jogadores do Corinthians comentaram durante a cerimônia que marcou o encerramento do Campeonato Paulista de 2008 sobre a partida contra o São Caetano, que acontece nesta terça-feira, no Estádio do Morumbi, válida pelas quartas-de-final da Copa do Brasil.

Vencer o time do ABC paulista é tido como um grande fantasma pelos corintianos, que tem um retrospecto negativo nos confrontos diretos com o rival. "Temos que tirar de vez essa pedra dos nossos sapatos. Os anos mostram que é um time que nos complica a vida e sempre dá muito trabalho".

Em 20 jogos disputados entre as duas equipes, o São Caetano somou 12 vitórias, o Corinthians conseguiu vencer apenas cinco jogos e houve mais três empates no confronto. O arqueiro alvinegro, que já teve uma passagem pelo time do ABC paulista, tem uma explicação para essa superioridade da equipe.
"O São Caetano é uma equipe que joga sem pressão, porque sua torcida ainda não é muito numerosa. Normalmente, a média de público é de 800 a mil pessoas. Além disso, é um time que nos últimos anos sempre se reforça com grandes jogadores e forma um bom elenco".
Para o zagueiro e capitão William é exatamente das arquibancadas que pode ser feita a diferença para o Corinthians derrotar o São Caetano.
"O bom é que como os jogos são aqui, em São Paulo, a torcida corintiana sempre vai ser maior que a deles. Temos que jogar da mesma forma que fizemos contra o Goiás, no Morumbi".
Felipe concorda com o zagueiro e disse que o time alvinegro tem de entrar focado em fazer uma boa exibição nessa primeira partida, para não repetir a derrota sofrida para o Goiás, por 3 a 1, no Serra Dourada.
"Tivemos que reverter de uma maneira maravilhosa naquele jogo em que goleamos no Morumbi. Temos que ficar atentos nessa primeira partida para não dependermos de outro jogo tão difícil como aquele".
Terra
By Grazi

0 comentários:

Postar um comentário