Sem Christian, Timão novamente só explica

A diretoria do Corinthians pretendia anunciar a contratação do atacante Christian, da Portuguesa, nesta sexta-feira. No entanto, apenas o teor da proposta feita pelo Timão à Lusa, por intermédio do empresário do jogador, Tadeu Oliveira, é que foi divulgado esta tarde pelo vice-presidente de futebol Mário Gobbi Filho.

- Nós fizemos uma proposta à Portuguesa de compensação de dívida. O clube nos deve um valor e nós oferecemos este valor da dívida pela liberação do Christian para jogar no Corinthians. Até agora não tivemos uma resposta deles, mas esperamos que tenha um desfecho feliz - explica o dirigente alvinegro.

A dívida da Portuguesa com o Corinthians é referente à obra realizada no CT do time do Canindé, localizado no Parque Ecológico. Inicialmente, o valor era de R$ 700 mil, mas com o reajuste ao longo dos anos está atualmente em quase R$ 1,5 milhão. O valor é praticamente igual ao da multa rescisória de Christian com a Lusa.

Irritada com o fato de o Timão ter procurado Christian diretamente e não ter falado com ninguém do clube, a Portuguesa promete endurecer a negociação. Na última quinta-feira, aliás, o presidente Manuel da Lupa disse que não liberaria o atacante em hipótese alguma, principalmente pelo fato de não ter sido consultado.

- A proposta foi levada à Portuguesa por um intermediário, que é o Tadeu Oliveira. Aguardamos agora uma resposta deles ou uma contra proposta. Se a Portuguesa não aceitar, ela que seja feliz. O Christian não é o último jogador da face da terra – acrescenta o dirigente do time do Parque São Jorge.

Caso não dê certo a negociação para ter Christian, será a segunda tentativa em menos de um mês que o clube vê ir por água abaixo. Recentemente, o Timão fez alta proposta para contar com Kléber Pereira, mas ele renovou com o Santos.

O Corinthians, aliás, está sem plano B. Pelo menos é o que disse Mário Gobbi nesta sexta-feira ao descartar Leandro Amaral, do Vasco, e Gil, do Internacional. Esse último foi oferecido ao clube alvinegro, mas o técnico Mano Menezes negou.

1 comentários:

chapa10.4 disse...

Eu acho que o presidente da portuguesa esta correto.Fez muito mal o Antônio carlos(na verdade este cargo devia ser do Dinei ou do Vampeta,na minha opnião modesta,modesta...)em procura o jogador 1°ao invés do preidente,já que procurou o jogador pague a multa.

Postar um comentário